5 de julho de 2012

Sedução e Casamentos*

Não quero que me interpretem mal mas pois acaba por ser um assunto "esteticamente sensível". Mas, como não se pode agradar a gregos e a troianos, vou contar à mesma.
Trata-se do desleixe físico nas mulheres. (Neste caso, pois com homens também é visível como bem sabemos). 
Este fim-de-semana passado fui à praia fluvial com o meu homem e mais um grupo de amigos e conhecidos. Nesse mesmo grupo de conhecidos, estava um casal onde ele tinha 34 anos e ela 31 e que namoraram  11 anos, estando casados faz meio. Uma vida.
E qual é a urticaria do tema?
É que a rapariga estava "feia". Estava toda acabada. Eu sei que nem toda a gente nasce com um corpo de sonho, nem toda a gente tem 1,80m de altura e uma pele de bebé. Eu não sou propriamente uma modelo. Mas, é perfeitamente viável que todas as mulheres consigam perder os pneus, tratar a pele e fazer a depilação. Principalmente uma pessoa ainda jovem.
E, ao invés, o marido estava bem cuidado, estava "em forma", seria considerado um homem atraente. E aqui surge uma comparação ao estilo: "Como é que isto se desenvolve? Como é que existe vontade, desejo, da parte dele?" Eu sei apreciar mulheres e, se fosse homem, não me via a ter um relação amorosa/carnal, com ela.
Amor? Claro que existe amor. Mas sem paixão? Não me parece. Não acho viável. Acho que se não se manter um certo cultivo físico, ou pelo menos uma manutenção física só para não se estragar o que já nasceu connosco, as coisas desmoronam. 
E depois vocês dizem: "mas então, se ela sempre foi assim, não tinham namorado tanto tempo."
E aqui não me vou delongar muito pois não os conheço propriamente bem . If you know what I mean. 
Assinalo que existem pessoas "fortes" que são bonitas e bem cuidadas! Eu também não gosto de ver anorécticas e mulheres e homens trinca-espinhas. 



13 comentários:

  1. concordo em absoluto ctg minha amiga
    passa la pelo blog e beijocas charmosas

    ResponderEliminar
  2. Eu não sou magra. Nunca vou ser. Não é da minha estrutura... e eu também não me esforço para isso. Mas caramba, estou sempre limpa, depilada, cheirosa, com as unhas arranjadas e bem cuidada. Ser gorducha não é problema... o problema é tudo o resto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim S* Não estou a dizer que tenhamos que ser magras, não, não temos. Mas pelo menos arranjadas, ou simples, e não estilo "velha acabada" percebes? Existem pessoas bem charmosas e não são modelos. Nem vou mais longe, as actrizes brasileiras já com 50anos ou mais, tem delas ali no ponto! Lindas e jeitosas!

      Eliminar
    2. É isso mesmo que eu quero dizer. Eu acho que mais do que o corpo, interessa a atitude E a atitude deve gritar um "gosto de mim, cuido-me, valorizo-me".

      Eliminar
  3. Não podia estar mais de acordo contigo Maria!
    Lá no meu emprego também vejo muito disso. Homens considerados atraentes com mulheres carrancudas e mal tratadas. Mas também, e tu referis-te isso numa pequena frase, existe o oposto.

    ResponderEliminar
  4. Concordo contigo Maria. Realmente é verdade que umas gordurinhas a mais não tornam uma mulher menos atraente e charmosa, desde que ela cuide da sua imagem. Há algumas que, talvez por acharem que as gordurinhas são inestéticas, acabam por se descuidar do resto da imagem, como se, por serem gordinhas, não houvesse mais nada a fazer, o que é completamente errado. E o mesmo se aplica a alguns homens que, com a idade, se descuidam totalmente.

    ResponderEliminar
  5. Concordo contigo. E quer se queira quer não, muitas traições têm um pano de fundo semelhante. Justifica? Talvez não, mas também não sou capaz de condenar. Estar arranjada dá trabalho, quer se seja magra, gorda, baixa ou alta. E há mulheres que simplesmente não estão para isso. Sobretudo depois de assinarem os papéis do casamento (como se isso prendesse alguém, mas enfim).

    ResponderEliminar
  6. Mea culpa, a verdade é que eu também ando um bocado desleixada, tanto que nem me reconheço. Não sei se é por causa do dia a dia, da preguiça, do estar habituada, etc, mas existem dias (vá semanas, meses) em que nos deixamos simplesmente estar. E realmente isso não é bom.

    ResponderEliminar
  7. uma rapariga não tem que ser necessariamente magra para ser bonita :) concordo com o que escreveste! :)

    ResponderEliminar
  8. Ainda que não consigam ter um corpo desejado, podem sempre arranjar-se e tornar-se atraentes através de outros meios. Pelo que li acho que ela nem uma coisa nem outra ou seja, depois admiram-se quando encontram conversas do respetivo no PC com outras mulheres ou pior que isso porque também não quero agoirar. Tanto os homens como mulheres devem sempre tratar de si e preocupar-se em ficar agradável aos gosto do respetivo, é a minha opinião e é que o faço sempre por achar importante e assim evitam-se pensamentos e olhares para outras "praias" ;)

    agulhabairrista.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. Concordo! Já vi muitas mulheres assim e sinceramente não percebo...Depois admiram-se...=P

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  10. Muitas mulheres quando estão numa relação duradoura, dão os factos como adquiridos e esquecem-se de se arranjar, de cuidar de si próprias para cuidarem da relação.
    Tenho amigas casadas que deixaram-se engordar imenso, que raramente se pintam, e nunca vestem um vestido ou uma lingerie ousada...Dizia-me outro dia uma delas, tomara eu ter tempo para o trabalho e para a casa quanto mais para isso..
    Pois... e depois admiram-se que elas olhem para as outras mulheres!

    ResponderEliminar
  11. O problema é que esquecendo-se delas, esquecem-se deles. E depois, tudo desaba e, ambos, perguntam-se "porquê!?"

    ResponderEliminar

Diga, diga, sou toda "ouvidos" !

Ocorreu um erro neste dispositivo

quem cá para...