27 de abril de 2012

PAP PAP...

Acabei de abrir um PAP.

Um plano automático de poupança. Não! Não vou ter aulas de Mandarim como a Ritinha, (mas era menina para rever o francês e estudar o espanhol em condições.)
Pois bem. Aqui, na minha opinião pessoal, já perdi a esperança no nosso país. A sério que perdi. Sei que falcatruas há em todos os países e alguns são piores que o nosso mas, "mas", não quero esperar para ver. 
Dói-me na alma na hora de pagar a segurança social. Dói-me na alma nunca ter recebido nada da mesma, nem ajuda, nem importância/preocupação, e nem emprego no que quer que fosse. Sim, porque enquanto estive desempregada eu teria aceite emprego se mo tivessem dado. E, o que me dói na alma ainda mais é, no acto do meu dia de ir pagar as seguranças sociais da empresa, ver no mesmo espaço os ciganitos e as pessoas que não fazem nada pela vida. E que agora estão ali nesse mesmo espaço a protestar que não recebem mais. Pior, é verificar que muitas dessas pessoas faltam às aulas (que lhes estão a ser pagas), não têm dinheiro para cuidar das imensas crias, mas têm dinheiro para tabaco. Desculpem lá este meu racismo recalcado, mas nem se trata de racismo pelos ciganos nem pelos desempregados, pois tenho imensos amigos desempregados e porque já conheci ciganos "gente boa", que não vivem da segurança social, sou racista contra os que "mamam". Os que vão ali armar-se em coitadinhos e depois não aceitam trabalho, não aceitam a integração, querem é mais dinheiro porque são uns coitadinhos. Sinceramente, espero que esta escumalha de chupistas seja varrida e que aprendam. 
Uma das novas leis, é que quem receba rendimentos mínimos, faça trabalho social na sua freguesia. Estão mesmo a ver as ciganas e os lambões a apanhar lixo do chão? ...duvido.

Por essas e por outras abri o Pap. Espero conseguir depositar todos os meses o mesmo que desconto para a segurança social, mas por enquanto deposito 50 euros mensais. Quero ir-me embora daqui o mais rápido possível. É juntar algum, fazer o Ielts e sair.

3 comentários:

  1. Isso mesmo. Tem de se poupar sempre um bocadinho, nem que sejam 10 euros!

    ResponderEliminar
  2. Se Londres estiver na tua mente, eu cá estarei!
    Avisa cedo para partilharmos casa - se quiseres ahahaa

    ResponderEliminar
  3. Fazes tu muito bem, tens esses sonho e não deves desistir dele.

    ResponderEliminar

Diga, diga, sou toda "ouvidos" !

Ocorreu um erro neste dispositivo

quem cá para...