6 de março de 2012

genTe ParVa

A senhora Maria's mammy  teve um acidente esta semana. Pois então, ia a minha mãe entrar ao serviço às 8h da manhã e, como todos os dias, sai de casa as 7.30h para chegar a horas ao trabalho e ainda beber um café da máquina. Naquele dia, (domingo), existe sempre uma feira numa aldeia lá perto, então o trânsito é relativamente maior e, como tinha chovido, o chão estava escorregadio. Numa pequena curva a minha mãe dá uma achega no travão, derrapa, bate de frente num pinheiro e não chegando isto, bate com a traseira também. Felizmente (e nem sei como, numa pandeireta daquelas), saiu só com dores de costas e pescoço. Para além disto, o que é que não bate certo aqui? ... Vinham dois carros de frente no preciso momento do acidente. Ninguém parou para ajudar. Ninguém... Como é que é possível? Pararam os carros logo a seguir, que não presenciaram ao acidente, para ajudar. 
Vergonhoso minha gente. Vergonhoso não pararem os que viram para ajudar. (Para além de ser uma contraordenação...)
Só por causa disso, gostava mesmo que se soubesse quem foi só para lhes chapar isso na cara.

1 comentário:

  1. Realmente como é que há gente capaz de presenciar um acidente e não parar para socorrer?? Há pessoas mesmo pobrezinhas de espirito.

    ResponderEliminar

Diga, diga, sou toda "ouvidos" !

Ocorreu um erro neste dispositivo

quem cá para...