7 de dezembro de 2011

A Madeira dos madeirenses.

"Ventura Garcês revelou que o Governo Regional (da Madeira) , não vai apresentar qualquer orçamento rectificativo na Assembleia Regional. Ontem, à saída da reunião do conselho de Governo, na Quinta Vigia, o secretário regional das Finanças explicou aos jornalistas que «há folga em termos de execução orçamental», quer no âmbito da receita quer da despesa, razão pela qual o Executivo decidiu não avançar com qualquer orçamento rectificativo." 06.12.2011 Jornal da madeira online.

Valha-me Santa Ingrásia. Por favor. 
Não percebo como é que o povo madeirense vota naquela aberração do Alberto João Jardim. Não percebo mesmo. À troca mesmo de quê? Bifanas e minis em dias de eleições? O que se ouve pelas ruas é que ele dá emprego e defende a Madeira. Defende de quê? De quem quer igualdade para com os no "continente"?
Emprego? Pois claro... Por isso é que existe tamanho buraco. Emprego do "só porque sim." Que infelicidade.
E depois lemos isto: 
"A notícia é avançada pelo "Público" que calcula que a factura das festas, incluindo as animações de rua, ronde os cinco milhões de euros, um montante próximo ao que foi gasto em 2010. O pagamento, contudo, só vai ser feito em 2012, porque o Governo Regional está agora com falta de liquidez, acrescenta o jornal. Mais uma vez também, a adjudicação foi feita por ajuste directo à Luzosfera, empresa do grupo SIRAM, isto depois de o concurso público ter sido cancelado, por queixas dos outros concorrentes. Recorde-se que há cinco anos, o Tribunal de Contas acusou o Governo Regional da Madeira de favorecer a SIRAM desde 1996. Esta empresa é também responsável pela logística das campanhas eleitorais do PSD na Madeira."
Caros Madeirenses, a vossa maioria absoluta é, na realidade, assim tão burra como aparentam? Tenham dó. Peçam ao Cristiano Ronaldo que vos dê o dinheiro para "soltarem os fogos" com a dona Dolores. Santa paciência.
Espero que muita gente se digne a NÃO IR PASSAR A PASSAGEM DE ANO LÁ, propositadamente claro. Ide aos Açores. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Diga, diga, sou toda "ouvidos" !

Ocorreu um erro neste dispositivo

quem cá para...