26 de setembro de 2012

facebook lamechas

Não sou uma pessoa de lamechices. 
Lamento.
Sou uma pessoa de muito mimo em privado e de manifestas e sinceras manifestações de carinho para com o  mêhóme e amigas e familiares, mesmo que em público, mas nada que roce o "arranjem um quarto páh".

Então, respiro fundo e controlo-me para não escrever barbaridades no facebook quando vejo publicações de pessoas que se conhecem há um punhado de semanas e que colocam estados saudosistas de "fazes-me tanta falta", "que saudades", "blá blá blá whiskas saquetas", ainda para mais quando se andaram a xingar pelas costas.

Claro que tenho saudades de algumas pessoas. Mas isso não é motivo para publicar lamechices a torto e a direito. É motivo sim para ir ter com as pessoas e combinar uma jantarada, uma disco night, um passeio turístico.

E digo assim para o mêhóme:
- Apetece-me comentar que daqui a 15 dias nem se vão lembrar delas.
Mêhóme:
- Não faças isso... São miúdas, não entres nessas conversas.
Eu:
- Tens razão. Mas que apetece, apetece. 



3 comentários:

  1. Concordo contigo a 100%! É uma cena que a mim também me irrita!

    ResponderEliminar
  2. Infelizmente às vezes é verdade ver a vulgarização dos sentimentos.

    ResponderEliminar

Diga, diga, sou toda "ouvidos" !

Ocorreu um erro neste dispositivo

quem cá para...