25 de julho de 2012

só me apetece mandar à ...

...pessoas que estão sempre, mas sempre a queixar-se de falta de dinheiro, em várias ocasiões mas que depois não perdem um, UM que seja, Festival de Verão.

Sério. Já há uns dias uma amiga de Moçambique me disse:
"Olha lá, não parece haver grande desemprego por aí entre a malta jovem... passou cá a notícia que os festivais esgotaram apesar de estar tudo mais caro!"

pois...
Sinceramente só fui a um dia de um Delta Tejo faz uns valentes anos e, que desânimo, à meia-noite a festa já tinha acabado. 
(Para não falar que aquilo agora parece passagem de modelos jet7 não? Sou a única a ver isso nas fotos?)

E é assim!


11 comentários:

  1. Também não percebo a maluqueira. Só fui a um e é formato que não me agrada - o desconforto, a confusão...e multiplicam-se como cogumelos!

    ResponderEliminar
  2. A maioria das pessoas sabe lá o que é ter falta de dinheiro! O exemplo dos festivais é flagrante, mas é apenas um entre vários do mesmo género.

    ResponderEliminar
  3. Não sou contra a que as pessoas se divirtam... só acho parvoíce é que quem se queixe seeempre, ande nessas vidas. enfim... acho 50 euros de bilhetes diários, fora alimentação e gasolina, uma parvoíce de €. e só um dia!

    ResponderEliminar
  4. eu poupei imenso tempo para ir ao Rock in Rio (1 noite) e aos coldplay! e foi um investimento que optei por fazer! pela primeira vez! gostei, correu tudo bem, e pronto.

    Mas o que me espanta são as pessoas que se queixammmmmmmmmm infinitamente e depois nos saldos compraram este mundo e o outro, foram a todos, compram coisas quase diariamente e apregoam as aquisições, estão sempre a passear... e depois dizem que estão desempregadas... há detalhes que não batem certo, entendes?!

    mas pronto, se disseres que há aqui uma pontinha de inveja por não ir tantas vezes às compras mimar-me, é capaz de ser verdade :$

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois Ju! Também já reparei... mas atenção que não sou contra a que as pessoas gostem e que adiram aos festivais, simplesmente fico sempre com cara de tacho quando amigos meus sempre em modo pedinte vão! um beijinho dear*

      Eliminar
    2. Olha eu também já notei a mesma coisa, pessoas a queixar-se que estão desempregadas ou são estudantes e depois mostram as novas aquisições de roupas, calçado, malas e maquilhagem, que é uma coisa do outro mundo, já para não falar dos fins de semana aqui e acolá. Mas o mais engraçado é que quando comentas alguma coisa que não é do agrado dessas pessoas porque não percebes de onde caí tanto dinheiro, elas ficam tão chateadas que te bloqueiam o acesso aos ditos blogs. Nunca vos aconteceu?
      Como disse a Ju, se tenho inveja se calhar tenho porque trabalho há quase 20 anos, tirei uma licenciatura, sou casada e tenho 2 filhos e pode crer que não consigo fazer esse tipo de vida (as finanças cá de casa não o permitem!) Só adorava saber qual o segredo dessas meninas!

      Eliminar
  5. ah pois...concertos, futebol...há de tudo para quem está em crise!

    ResponderEliminar
  6. Pois... mas acho que há tantos luxos que podiam ser evitados. ainda no outro dia um sobrinho meu estava com o discurso "da crise". No entanto tem TV por cabo com canais pagos, tem PS3, tem uma espácie de gameboy e cada membro em casa tem o seu computador (!!!!). A crise é uma pseudo-crise.

    Acho que nos habituámos a certos luxos e estamos numa fase em que não conseguimos - ainda... - perceber que são mesmo isso: luxos.

    ResponderEliminar
  7. Ah, e já agora - pois não encontrei um mail para te pedir - manda a tua morada para o meu mail para te enviar a prendinha do desafio ;)

    ResponderEliminar
  8. Também acho, falamos todos da crise, mas parece que nem todos passam por ela. Há imensos festivais e todos cheios.

    ResponderEliminar
  9. Se o dinheiro não for para se gastar em algum prazer, o que raio andamos cá a fazer?!
    Chill out my dear :)

    ResponderEliminar

Diga, diga, sou toda "ouvidos" !

Ocorreu um erro neste dispositivo

quem cá para...