30 de julho de 2012

greve ao café

O meu homem de um momento para o outro deixou de beber café, deixou de beber "a bica".
Mas o que vinha aqui falar é da maior facilidade que os homens têm em largar vícios. Ele fez isto de um dia para o outro. O pai dele deixou de fumar de um dia para o outro.
Muito bem.
Quando é que eu começo a fazer ginástica toooodos os dias e não só às vezes? Oh vício da preguiça.

Deixar o café não deixo, mas conseguia. 
Preferia antes trocar a nossa bica pelos copos de café do Starbucks. Mas em Londres. Só. Por tempo indefinido. 


Sem comentários:

Enviar um comentário

Diga, diga, sou toda "ouvidos" !

Ocorreu um erro neste dispositivo

quem cá para...