20 de abril de 2012

...costeletas, pedra-pomos e canivetes*

Era eu o nº170 na segurança social.  Ia a chamada no 156. Sentei-me num dos poucos lugares vagos e rezei para que me deixassem pagar a segurança social com cheque.
A senhora ao meu lado, olha para mim e não diz nada. 
E assim se passaram 5minutos até que me diz o seguinte:

- Ai... a minha filha e neta foram para o piso de cima e não me deixaram entrar, estou aqui à espera faz meia hora. 
E eu fiz o erro de dizer: "Não se preocupe, elas depois aparecem".

...O que fui eu fazer. A mulher abre a matraca e começa a descarrilar, mas descarrilar mesmo:
"Ai a minha neta fugia da escola, nunca quis estudar não quer fazer nada, o tribunal decidiu que ela ficava numa escola interna e só vinha a casa aos fins-de-semana, que é ali para os lados da Figueira, Aiiii mas há lá duas míudas que lhe batem na cara lá na escola, aiiiii que não pode ser, e aiiii que as empregadas para as castigarem a todas puseram-nas a lavar vidros a todas e aiiii isto não pode ser, elas não estão ali para andar a limpar coisas, aiii agora vamos fazer queixa das miúdas e das funcionárias e aiii...

E eu a pensar:
"F***-se Maria. Mas as pessoas têm mesmo que começar a falar a vida delas toda contigo? Porra. Costeletas, pedra-pomos e canivetes Maria... (isto em substituição de m****, f***-se e c******). Estava com vontade de dizer: Acho muito bem que esfreguem! Não lhes vai cair nenhum braço! Deviam estar era a estudar, ainda por cima pagas pela nossa segurança social!"
...Com isto tudo passei-me de a senhora estar em cima de mim a falar, a soltar perdigotos e a tocar-me no braço e levantei-me e esperei os seguintes 4 números  de pé em "modo pressa".

- Olhe desculpe mas aqui só aceitamos cheques visados.
...costeletas, pedra-pomos e canivetes.

8 comentários:

  1. Como te compreendo. A mim já me aconteceu igual mas quando estava no meio de um encontro... Agora imagina a nossa cara! Mas serviu para rir e descomprimir!

    ResponderEliminar
  2. Olá, tenho um selinho para ti no meu blog, passa lá. bjs

    ResponderEliminar
  3. Olá, tenho um selinho para ti no meu blog, passa lá. bjs

    ResponderEliminar
  4. Isso dá mesmo vontade de soltar um "canivete" daqueles bem altos. Grande galo!

    ResponderEliminar
  5. Desatei a rir..olha vou adoptar essa técnica, costeletas, pedra pomos e canivetes...que maravilha!

    ResponderEliminar
  6. Estás em Portugal. É normal isso acontecer ahaha

    ResponderEliminar
  7. F**k! Que azar do "canivetes".
    Quando tenho que levar com uma dessas velhas a dar-me um banho de baba e a moer-me o juízo digo mal da minha vida, fico logo roxo!

    A minha vontade era dizer-lhes: "Vai à tua vidinha, tartaruguinha."

    ResponderEliminar

Diga, diga, sou toda "ouvidos" !

Ocorreu um erro neste dispositivo

quem cá para...