26 de março de 2012

asSédios...

Once upon a time (há 4 anos), era eu uma jovem semi-arquitecta a trabalhar num gabinete conceituado na região interior beirã e recebo uma tarefa.

Boss: Maria, vai a Castelo Branco ter com o "Besta-Azeiteita-Avec-Pacóvio" porque são precisas umas alterações.
Maria: Ok.  aí vou eu mandada.
Entretanto telefono à Besta.
Besta: "Ohh menina arquitecta, que prazer falar consigo!"
Maria: (em pensamento: Vai ta Fuck) "Olá bom dia! Então onde o apanho?"
Besta: Então nas bombas de gasolina da Galp depois venha atrás do Mercedes. 
Maria: (pensamento: Sua besta armada em Rico.) Ok, meia hora chego a Castelo Branco.
...
Começo a achar estranho que o roteiro seja exactamente para o hotel do Castelo (?), mas não fico muito preocupada pois usualmente têm salas de reunião e barzinho. E para além do mais era no centro da cidade não é num buraco qualquer.
Qual não é o meu espanto quando, na conversa acerca das rampas que teriam de ser colocadas na fábrica a Besta me diz:
"Então e o que acha de continuarmos esta conversa lá em cima num quarto."
- Fiquei chocada e ri-me nas trombas da Besta, ao estilo, "Coitado... este azeiteiro a atirar o barro-à-parede".
- Disse-lhe que não e que estávamos entendidos por ali.
- Ainda ponderei dizer que eu era arquitecta mas não fazia caridade...

Moral da coisa, meninas, mantenham a postura. Não fiquem com medo. E acima de tudo, levem sempre, SEMPRE, SEMPRE, a vossa (ou de empresa) viatura, para não estarem condicionadas à vontade dos outros. Isto do assédio tem muito que se lhe diga. Inclusive quando mandam as meninas bonitas ir ter com os futuros clientes sozinhas. Pode ser que cole não é. Cambada de bestas.

4 comentários:

  1. Se és irresistível, o que é que se há-de fazer? ;)

    Castelo Branco, bela cidade... as minhas raízes estão por essas bandas. :)

    ResponderEliminar
  2. No fundo, no fundo, bem lá no fundo, até te sentiste lisonjeada ;)

    ResponderEliminar

Diga, diga, sou toda "ouvidos" !

Ocorreu um erro neste dispositivo

quem cá para...