24 de janeiro de 2012

na TMN também são Aldrabões

Peguei no exemplo da dear S* e vou por isto em prática. As pessoas não devem ficar caladas quando são enganadas por estes "grandes".

A minha mãe quando se inscreveu nas novas oportunidades (coisa a que sou completamente contra passo a esclarecer), teve direito a ter um portátil e uma pen da Tmn com o tarifário de 15 euros (mais coisa menos coisa) mensais, e com os deveres de frequentar o curso, de pagar a mensalidade e estar fidelizada durante dois anos. Isso  foi cumprido. Findo esse contrato telefonam lá para casa a perguntar-lhe se ela queria fazer novo contrato da internet. !5 euros mensais pela internet de 1G. Sinceramente, 1G não dá para nada... E a minha mãe, que é uma dessas pessoas influenciáveis por telefone, capaz possivelmente de comprar manteiga fora da validade se lhe dissessem que era uma boa compra, está de dizer que sim.
E eu passei-me quando soube. Seja como for pensei, "foi por telefone, não está nada assinado, vou lá dizer para se anular". E fui. E não é que aqueles filhos da p*** não autorizavam a anulação do "contrato telefónico"? Disseram que obrigatoriamente teriam que se pagar os 15 euros um ano se não seria acionado o banco de Portugal blá blá blá porque o contrato telefónico é tão certo como o de papel. Como?! Situação que ninguém quer ter obviamente.
Faltavam cerca de dois meses para acabar o novo contrato. A pen nem estava a ser usada e ia-se pagando os 15 euros quando chegava aquele dia. Pois bem, no último mês não pagamos ao dia certo pois íamos pagar ao balcão e entregar a carta de rescisão do contrato e chegada ao balcão pagámos o devido valor e entregámos a carta. Qual não é o meu espanto quando a minha mãe me chega a casa com uma carta a dizer vagamente que:
"Como a pen estava desactivada pois o ultimo pagamento foi feito fora do prazo, para ser desactivado o contrato, foi necessário reativar e deitar abaixo. Ou seja, estava fora de funcionamento, entregámos a carta e pagamos, e agora cobram mais 38 euros para acionar "virtualmente" e deitar abaixo logo de seguida. 
Como é que é possível??
Que chulice!
E a ultima foi telefonarem à minha mãe a fazer a cabeça para por internet no telefone e por casa. (a mesma, tmn sempre...). A minha mãe nem sequer tem telemóvel que dê para aceder à internet. Eu sei que a minha mãe é que devia dizer que não, mandar este pessoal dar uma volta e tal. Mas ela não é assim, é boa pessoa demais e deixa-se iludir e disse que sim para despachar. Mais uma vez por telefone. 
Tenho já duas cartinhas bem escritas, as mesmas duas para a Deco e o resumo pronto a ser escrito no livro de reclamações. Vou fazer uma peixeirada se for preciso mas vai valer a pena.

Ps: para não falar que têm o pior serviço à disposição de internet. Sinceramente. Quando a vodafone dispõe de pacotes a 12 euros ilimitados. Vocês dão 15 euros para 1G. Tristeza. 

10 comentários:

  1. Aldrabões. Ou uma pessoa bate seriamente o pé ou passas por lorpa.

    Já sei que vou ser inundada de telefonemas da Zon mas NÃO cedo!

    ResponderEliminar
  2. Não percebo. A sério que não. Dentro dos tarifários da internet, apenas me sinjo aos do telemovel, mas os das pens não funcionam assim: http://www.tmn.pt/portal/site/tmn/menuitem.e2754923589f1d4cea811c10751056a0/?vgnextoid=7a6867177bbd1110VgnVCM1000005401650aRCRD ??

    Então não são 15€ ... (e 2G ou 3G mensais, normalmente é suficiente, para uso frequente, desde que não se saque nada...) Desculpa, a sério, mas a minhas questão vai mais na onda do tens a certeza dos valores que eles te estão a cobrar? Normalmente vê-se muito o aproveitamento de pessoas que não se costumam ir informar aos sites, ou que não sabem muito sobre o assunto (pelo que entendo a tua mãe) e aproveitam-se assim ...

    Não sei se sabes, mas muitas pessoas aderem a pacotes promocionais e se passado aquele tempo de valor fixo, se ninguem for ver/procurar as novas ofertas, ficam a pagar balurdios quando havia outras possibilidades melhores e mais baratas. Eles aproveitam-se dos "esquecidos" ...

    Beijinhos e boa sorte com isso! =)) **

    ResponderEliminar
  3. É demais...há que reclamar mesmo, para verem que não fazem as pessoas de parvas!!

    ResponderEliminar
  4. A mim aconteceu-me uma situação parecida...
    A minha mãe é professora e adquiriu o portátil através da campanha e-escola, que vem com uma pen de internet. Ora, vai fazer agora 1 ano que ligaram a propor que continuássemos com o serviço, pagando o mesmo (15€) mas passando para 4G. Na altura aceitamos porque na minha casa do Porto não tinha net e por isso dava muito jeito. Entretanto pus zon na casa dos meus pais e eles têm o serviço zonfon, ou seja mesmo não tendo net na minha casa, fiquei a ter por inscrita lá no zonfon. Então dirigi-me à tmn para cancelar o serviço. Passado uns dias ligam-me a dizer que não podia cancelar antes do período de fidelização de 1 ano (do qual não fui informada). Ou seja, 3 anos de fidelização por causa do e-escola e mais 1 ano desta treta!
    **

    ResponderEliminar
  5. bolas :S
    estas empresas deviam levar com tanto processo em cima que haviam de mostrar mais respeito pelos clientes :(
    **

    ResponderEliminar
  6. É impressionante como eles tentam enganar as pessoas. É com cada uma!
    Fazes muito bem, força nisso!

    ResponderEliminar
  7. Eu perdi-me na parte onde escreves "!5 euros mensais pela internet de 1G. Sinceramente, 1G não dá para nada...". E aqui está a grande diferença entre civilação e 3º mundo. Por aqui pagamos 100 dólares por 250 Kb! Welcome to my world! Hahahahahahaha

    Quanto ao assunto TMN: fazes muito bem! se toda gente se mexesse assim eles não abusavam tanto.

    ResponderEliminar
  8. Não mandes para a DECO. Manda para a Defesa do consumidor:
    http://www.consumidor.pt/
    Não pagues essa fatura, se não tiveres todo o contrato escrito e descriminado. Informa-te com o Instituto.

    ResponderEliminar
  9. TMN é realmente muito parva. E rouba que se farta xD
    A vodafone no que respeita a net é muito melhor e realmente é rápida .

    ResponderEliminar

Diga, diga, sou toda "ouvidos" !

Ocorreu um erro neste dispositivo

quem cá para...