4 de setembro de 2012

...e desocupar, não?

Expliquem-me lá.
Porque alma danada vão as pessoas estudar para o shooping. 
Sério. Casa? Biblioteca? Café mais descontraído... Agora shopping?!

Estava eu e "mêhóme" na restauração do Fórum com o belo do strogonoff no prato e a limonada a descongelar, à procura de mesa. Por acaso na hora de jantar haviam mesas de sobra, mas, num espaço de vinte minutos, as famílias começaram a procurar cadeiras e mesas para juntar.
E uma moça ali estava. A ocupar uma mesa de 4 pessoas. Sozinha. Com uma garrafa de litro e meio de água, uma calculadora e duas capas, no meio da confusão, do barulho e de uma luz rafeira de shopping.

Dava vontade de deixar cair acidentalmente uma sopa do mac, daquelas de feijão preto, por cima das capas.
Dava vontade de chegar lá e perguntar se estava a conseguir acabar o cálculo do sistema.
Dava vontade de chegar lá e dizer: "Já acabou? É que queria comer a alheira e o ovo está a arrefecer".

Não me lixem.
Ir estudar ali é estúpido. Pelo menos às horas de refeições.
Para não falar que é parvoíce ocupar o lugar de quem quer só jantar.

6 comentários:

  1. Ahahahah de facto acho estúpido estarem lá a ocupar lugares nas horas das refeições, já pensei o mesmo que tu muitas vezes! Mas posso-te dizer que fora dessas horas os centros comerciais são o paraíso quando não conseguimos estar sossegados em casa :P

    ResponderEliminar
  2. Eu sempre fiz essa pergunta...
    Por Coimbra via-se sempre alguém a estudar nos shoppings e cafés..

    kisses***

    ResponderEliminar
  3. Eu nem na biblioteca da escola consigo estudar porque há sempre os putos a fazer barulho, quanto mais num shopping cheio de gente!

    ResponderEliminar
  4. Sim, e olham para as pessoas de tabuleiro na mão com ar de desprezo, estilo "já aqui estava, o que é que queres"... Cada um estuda onde quer, mas eu era incapaz de estudar nesses sítios!

    ResponderEliminar
  5. gostava de saber como é que essas pessoas, supostamente, se concentram!

    ResponderEliminar
  6. ainga gosto mais daqueles que trazem a marmita de casa, com toalhinha e tudo, e se vão alampar nas mesas destinadas à restauração (dos restaurantes ali existentes, bem entendido!)

    ResponderEliminar

Diga, diga, sou toda "ouvidos" !

Ocorreu um erro neste dispositivo

quem cá para...