5 de janeiro de 2012

idEiAs geNiaiS

Ontem fiz rolinhos de carne com puré! Pois bem, 5 bifes de porco (que deveriam ser de vaca...), temperados com sal e pimenta preta, só. Depois, são esticados e coloca-se uma fatia de queijo, uma de fiambre e uma salsicha. Enrola-se e prende-se com palitos. No tacho coloca-se vaqueiro e fritam-se dois minutinhos com jeitinho virando os mesmos. Retiram-se e, naquela manteiga põe-se uma cebola picadinha, um tomate maduro (ou polpa), azeite, e vinho branco. E põe-se lá outra vez os rolinhos. Puré instantâneo feito e os rolinhos e molho prontos a servir. 

Eu gostei. Achei que o meu namorado não achou grande coisa mas vou melhorar com a prática. Foi a 1ª vez possivelmente, que não usei piri-piri e oregãos num cozinhado.

E, se tivesse visto o Castle ontem e não só hoje, teria usado óculos ao cortar cebola! Excelente! Nunca tinha pensado nisso... ver se arranjo um desses manhosos que calham nos chupas-chupas. Ou isso ou os óculos de mergulho que tapam mesmo tudo! Devo ficar hiper sexy de avental e óculo de natação eh eh... a cortar cebola o mais miudinho possível para não calhar no prato de ninguém. 
As fotografias ficaram com má qualidade por isso para a próxima coloco.



5 comentários:

  1. HE HE HE NUNCA PENSEI NISSO!
    Tenho que cortar a cebola de óculos.

    Baci*

    ResponderEliminar
  2. Experimenta pôr um guardanapo dobrado na boca enquanto picas a cebola. Comigo resulta!

    ResponderEliminar
  3. À conta dessa porcaria de chorar que nem uma Madalena arrependida quando corto cebola ontem na Casa comprei um picador de cebola com umas lâminas bem afiadas pra ficar quase desfeita! Ah, e dá para usar com outros legumes, claro, foram 12€ bem empregues! Nunca mais choro a cortar aquela porcaria!

    ResponderEliminar
  4. um truque para não chorares é teres a boca cheia água :)

    A receita parece muito nice :)

    kisses***

    ResponderEliminar
  5. E se eu tivesse lido este teu post ontem tinha poupado esborratar-me toda! ABOMINO cortar cebola!

    ResponderEliminar

Diga, diga, sou toda "ouvidos" !

Ocorreu um erro neste dispositivo

quem cá para...