13 de janeiro de 2012

cEnas

Agora, com duas horas de almoço, tenho tempo de ir casa, fazer o almoço , tomar o café e esticar as pernas um coche. Hoje tive de ir à farmácia que fica a caminho. Peço o que precisava e o sr. farmacêutico pergunta:
- Quer o recibo?
... (que pergunta idiota.)
Maria: Sim, quero.
Não acho normal que perguntem a uma pessoa se quer o recibo. Acho que nem devia "ser permitido". Ainda para mais por uma pessoa supostamente formada. O homem deve ter percebido o que achei.
- Olhe, mas de saquinho não preciso, obrigado. 



4 comentários:

  1. Eu também nunca percebo essa pergunta.

    ResponderEliminar
  2. Dormir la siesta...que sorte!!!!!
    Pois, vi no telejornal que até de um café se deve pedir factura...

    ResponderEliminar
  3. "um coche" :) que giro. Já não ouvia essa expressão há muito tempo.
    Acho que as facturas são obrigatórias. Aliás tenho a certeza.

    ResponderEliminar
  4. Também não percebo essa pergunta. E piores são aqueles que não perguntam e não dão se uma pessoa não disser nada!

    Bom fim-se-semana!

    ResponderEliminar

Diga, diga, sou toda "ouvidos" !

Ocorreu um erro neste dispositivo

quem cá para...